Carlos Bocuhy

Carlos Bocuhy possui formação acadêmica multidisciplinar, iniciando pela Graduação em Educação Artística, na Academia Paulista de Música da Academia Paulista de Arte, Especialização em Psicanálise pelo Instituto de Psicanálise de São Paulo e Mestrado em Gestão Ambiental pela Fundação Getúlio Vargas. Sua formação inclui, entre outros cursos de extensão, o de Economics of Climate Change, na Universidade de Oxford.  De 1997 a 2016, vem contribuindo com sólida participação em conselhos participativos, como o Subcomitê de Bacia Hidrográfica Billings - Tamanduateí; o Conselho Estadual do Meio Ambiente de São Paulo – Consema, o Conselho da Reserva da Biosfera de São Paulo, Grupo Interinstitucional do Gerenciamento Costeiro do Brasil - GI-GERCO. No Conselho Nacional do Meio Ambiente - Conama, ocupou sucessivas representações pelo Sudeste e Nacional pelas ONGs ambientalistas. Fundou e coordenou a Campanha “Billings, Eu te Quero Viva! e o Programa Internacional Metrópoles Saudáveis, com apoio da Organização Panamericana de Saúde – OPAS. Integrou como representante não governamental a delegação brasileira na Conferência do Clima da ONU, no Peru e na França. Tem sido palestrante assíduo em eventos nacionais e internacionais, em países como Argentina, Chile, México, Estados Unidos, Alemanha e Inglaterra. Possui vasta produção literária e de comunicação sobre o tema Meio Ambiente, como o primeiro programa de educação ambiental brasileiro com envolvimento multidisciplinar, “Preservando a Natureza”, conforme reconhecimento por parecer do Ministério da Educação e Cultura e que foi adotado em 15 mil escolas entre 1996 e 1998. É detentor de expressivos reconhecimentos recebidos por atuação e dedicação em prol da preservação consciente da natureza. Entre eles está o Prêmio ECO conferido pela Câmara Americana de Comércio de São Paulo – AMCHAM.