Dulce Álvaro Pássaro, abordou os avanços na área ambiental de Portugal

Nesta terça-feira, 02, teve início em Porto Alegre o 11º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental. A palestra magna do evento recebeu a engenheira e ex-ministra de Portugal, Dulce Álvaro Pássaro, que abordou o tema Meio Ambiente, Política e Economia.
A abertura do simpósio foi realizada pela presidente da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – seção RS (ABES-RS), Jussara Kalil Pires, que destacou o grande número de trabalhos inscritos para apresentação, mais de 200 este ano. Jussara também ressaltou a escolha do tema central do encontro, Meio Ambiente, Política e Economia. “Para esta décima-primeira edição, sabíamos que precisávamos trazer um tema fundamental para a discussão e entender como a economia e a política influenciam as decisões ambientais é o que queremos explorar”, explicou.
A engenheira Dulce Álvaro Pássaro atua há 41 anos na área do meio ambiente, tendo exercido o cargo de Ministra do Ambiente e do Ordenamento do Território do XVIII Governo Constitucional entre Outubro de 2009 e Junho de 2011. Em sua palestra, Dulce destacou os avanços obtidos na área da gestão ambiental em Portugal e abordou os desafios da preservação. “É necessário conhecer os problemas na área e saber de que forma podemos agir com a política atual. O quadro legislativo é adaptado à realidade do país?”.
Portugal elaborou o seu plano estratégico de resíduos em 1997, e em 2006 já apresentava avaliação com a maioria de suas metas cumpridas. Para Dulce, é um trabalho não só do governo, como também de conscientização da sociedade. “É preciso trabalhar muito para mudar os hábitos da população”. Mesmo com um plano elaborado, o país ainda tem desafios na área ambiental, como a implementação da economia circular; a continuidade à política de reforço da fiscalização; a recuperação dos passivos ambientais e políticas públicas fortes para que os resíduos deixem de ser resíduos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *